• Clips vidéo
  • Clips vidéo

Témoignages

Brésil

Marie Flondeurdonne - Rio de Janeiro

Bom, eu sempre admirei Dalida, minha rainha, minha deusa, meu anjo, agora é uma estrela dançante olhando por nós lá de cima. Desde que ela se suicídou, hoje, a noite canta por nós. Antes de me mudar para o Brasil, em 1977 (eu nasci e fui criada na França), eu sempre fui fã dela e acompanhei o trabalho dela de perto desde o comecinho,eu conheci pessoalmente Dalida nos Estados Unidos, em 1973, um dia depois de um show dela que eu assiti, eu trombei com ela na rua, ela estava meio disfarçada, eu a reconheci, conversamos, tomamos um café e ela foi embora, foi a maior emoção da minha vida. Quando fiquei sabendo do suicídio dela, fiquei muito triste, chorei muito.

Carlos Carlos Benedetti Limeira

Por causa de todo o seu charme, sensualidade. Dalida vive, apesar de ter tirado a própria vida, ela parece um anjo dançando e cantando. Sempre fui fã da cantora Maysa e sem querer, através dela eu descobri Dalida cantando Paroles, Paroles com Alain Delon, me apaixonei na hora e agora estou viciado nela.

Rogerio Motta (55 anos) Rio de Janeiro

Conheci Dalida estudando francês no Rio de janeiro em 1977. Em 1980 tive a sorte de ir ver seu show no Palais des Sports,Paris, no último dia, 20 janeiro. Esqueci de levar meus óculos. Meu ingresso era para um lugar longe do palco. Só consegui ouvi-la cantar. Não a enxergava... Quando acabou o show, desci até a beira do palco, triste de não ter conseguido vê-la... Dalida voltou e cantou mais seis músicas. Eu quase podia tocá-la. Foi uma das experências mais marcantes da minha vida. Dalida é realmente eterna.

Sergio Luiz Gomes Serginho (42 anos) Aracaju

Amo Dalida desde a primeira vez que ouvir sua voz, me encantei e procurei saber tudo sobre ela, sua historia me tomou por completo, alem de emocionar ela hoje faz parte de minha vida, meus momentos. Dalida foi uma artista completa e insubstituivel. amo Dalida.

Junior santana (27 anos) Dracena

olá , sou Junior Santana , e quero dizer que nao conhecia Dalida , mas no dia 03 de Maio de 2010, estava vendo alguns videos no youtube , e descobri Dalida e fiquei apaixonado por seu trabalho,suas musicas e seu jeito me encantou,ouço suas musicas todos os dias e cada vez mais me emociono com Dalida, é uma pena que ela não esta mais aqui.

Paulo Vasconcelos Paulovisc (58 anos) Olinda-PE

Descobri Dalida, agora, depois de completar 58 anos. Um amigo apresntou-me as suas músicas. Ela é encantadora, mesmo tendo passado muitos anos da sua morte. Ela nasceu e viveu para cantar e encantar.

Alexandre de Oliveira Correa Junior - São Paulo

Dalida é e sempre sera a melhor cantora do mundo não tenho palavras para descrever essa linda mulher cheia de alegria, ela tem o poder de ser perfeita mesmo depois de morta, sempre tentar todos os dias da minha vida ir a Paris só para caminhar pelos mesmos passos que ela andou.

Luiz Augusto Porto (51 anos) Barreiras - Bahia

Eu não conhecia Dalida, exceto de nome. Não conhecia sua biografia, nem sua discografia, à exceção da música que ela cantava com Alain Delon ("Parole, Parole"). Então, eu escutei "Hava Nagila" e me emocionei com sua voz e sua interpretação para essa música tão bonita. Então, fui procurar a história dessa grande cantora e fiquei pasmo ao descobrir tanta tristeza em sua alma, que a consumiu tanto que a levou ao suicídio. E isso serviu para aumentar o meu encanto pela voz dela e pelo seu trabalho. Agora, vou procurar as suas músicas e apreciá-las devidamente. Tornei-me fã. É emocionante ouvir a voz (eterna) de Dalida

Paulo Paloma Dos Santos Correa (36 anos) Sao Paulo

A mais completa de todas artistas divina!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Mauro (59 anos)

Voz maravilhosa, repertório impressionante, mulher linda e vida sentimental complicada... Foi uma mulher adorável e deveria ser mais lembrada do que é hoje.

Carlos Juan (53 anos ) - São Paulo/Brazil

Dalida mulher linda de extraordinário talento,cantou sua própria morte Je suis malade (Estou Doente),sofreu com sua infelicidade e depressão sem nunca deixar transparecer lutava uma batalha solitária consigo mesma,quem me dera poder voltar ao passado naquele dia 3 de maio segurar a sua mão e mudar o rumo da história. Sim sou apaixonado por sua beleza que é digna de um reino. Sua voz e interpretação é única.
Dalida que Deus tenha lhe guardado um cantinho especial para você.
Jamais será esquecida.

Helio Nascimento (37 anos)

Quando ouvi pela primeira a voz de Dalida, algo me tocou profundamente, foi a musica mourir sur scène, Apaixonei-Me, foi com um performance que com certeza encarnou-a no palco de um determinado lugar aqui em sp, meus olhos vibraram pela interpretação e pela força da canção. hoje tive o prazer de conhecer o site oficial onde com certeza poderei conhecer o potencial desta absurda pessoa. Obrigado

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.