• Clips vidéo
  • Clips vidéo

Marie Flondeurdonne - Rio de Janeiro

Bom, eu sempre admirei Dalida, minha rainha, minha deusa, meu anjo, agora é uma estrela dançante olhando por nós lá de cima. Desde que ela se suicídou, hoje, a noite canta por nós. Antes de me mudar para o Brasil, em 1977 (eu nasci e fui criada na França), eu sempre fui fã dela e acompanhei o trabalho dela de perto desde o comecinho,eu conheci pessoalmente Dalida nos Estados Unidos, em 1973, um dia depois de um show dela que eu assiti, eu trombei com ela na rua, ela estava meio disfarçada, eu a reconheci, conversamos, tomamos um café e ela foi embora, foi a maior emoção da minha vida. Quando fiquei sabendo do suicídio dela, fiquei muito triste, chorei muito.

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.