• Clips vidéo
  • Clips vidéo

Marie Flondeurdonne - Rio de Janeiro

Bom, eu sempre admirei Dalida, minha rainha, minha deusa, meu anjo, agora é uma estrela dançante olhando por nós lá de cima. Desde que ela se suicídou, hoje, a noite canta por nós. Antes de me mudar para o Brasil, em 1977 (eu nasci e fui criada na França), eu sempre fui fã dela e acompanhei o trabalho dela de perto desde o comecinho,eu conheci pessoalmente Dalida nos Estados Unidos, em 1973, um dia depois de um show dela que eu assiti, eu trombei com ela na rua, ela estava meio disfarçada, eu a reconheci, conversamos, tomamos um café e ela foi embora, foi a maior emoção da minha vida. Quando fiquei sabendo do suicídio dela, fiquei muito triste, chorei muito.

Les cookies nous permettent plus facilement de vous proposer des services. En utilisant nos services, vous nous autorisez à utiliser des cookies.
Plus d' informations Ok Je refuse